Pensamentos Curam mais que Remédios, diz o cientista Bruce Lipton

30/06/2018

Elainne Ourives

Ativista Quântica. Treinadora Mental e Reprogramadora Vibracional

Criadora da Técnica Hertz -Reprogramação da Frequência Vibracional®

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS©

www.holococriacao.com.br

 

No meu trajeto como terapeuta quântica e reprogramadora mental na busca  por conhecimento sobre ciência mental em 2017 participei  de um Seminário internacional com o revolucionário cientista Bruce Lipton autor de biologia da crença  uma das bases do treinamento Holococriação de Sonhos e Metas. Com esse magnífico pesquisador, aprendi conceitos inovadores sobre a relação intrínseca entre ciência e espiritualidade na cura de doenças físicas, emocionais e energéticas.

 

Foi, absolutamente, fantástico compreender esses novos fundamentos da ciência que identificam e atestam o poder de cada ser humano para modificar a própria estrutura celular e estabelecer uma saúde plena em harmonia com o TODO. O mais incrível ainda é que as pesquisas de Lipton indicam essa substancial mudança provocada pela própria consciência, a partir da ressignificação das crenças limitantes e dos valores individuais considerados como verdades absolutas por muitas pessoas.

 

BIOLOGIA DA CRENÇA

 

Autor do intrigante livro “A Biologia da Crença”, publicado em 2006, Bruce Lipton sugere algo extremamente valioso e que contradiz, inclusive, muitos pilares da ciência ou medicina convencional. Segundo Lipton, nós não somos, necessariamente, condicionados apenas por nossa herança genética. Ou seja, não são apenas os genes responsáveis por determinar as características e o funcionamento do nosso organismo. Ao contrário disso, conforme declarou o pesquisador, recentemente, ao site “Pensar Contemporâneo”, o ambiente externo, físico, energético e, sobretudo, nossas crenças, determinam nosso destino. Gente, olha que pensamento revolucionário isso. Eis aqui, propriamente, o livre-arbítrio designado por Deus a todos nós e o poder em nossas mãos, ou melhor, em nossas mentes e corações, para alterar qualquer realidade disposta em nossas vidas humanas.

 

O DESTINO É NOSSO 

 

Na publicação do site “Pensar Contemporâneo”, Bruce Lipton passa um exemplo muito interessante para compreendermos o atual pensamento da medicina: “fizeram-nos crer que o corpo é uma máquina bioquímica controlada por genes sobre os quais não pode exercer qualquer autoridade. Isso implica que somos vítimas de uma situação. Nós não escolhemos esses genes, nós os recebemos no nascimento e eles programam o que vai acontecer”.

 

Queridos, para contrapor essa lógica, o pesquisador exalta o trabalho desenvolvido por ele com células nos anos 1960. Em especial, ele destaca o resultado de um experimento, o qual, de acordo com o autor, mudou a ideia de mundo que tinha na época.  “Eu peguei três grupos de células e coloquei em três pratos, e mudei o meio de crescimento e os componentes ambientais em cada um deles. Então verifiquei que em uma das placas se formou o osso, em outro músculo e, em outro, em células liposas. O que controlava o destino de cada uma delas se fossem geneticamente idênticas? Isso mostra que os genes não controlam tudo, é o ambiente”, disse.

 

E ainda ressaltou Lipton sobre o experimento e a relação direta com o ser humano:

 

“O ser humano é quem controla, dependendo de como ele lê o ambiente, como sua mente o percebe. A conclusão é que não somos limitados pelos nossos genes, mas pela nossa percepção e nossas crenças”.

 

 

 

INTERAÇÃO RESPONSÁVEL 

 

Na visão desse autêntico pesquisador, há ainda uma espécie de mau hábito das pessoas e uma forma de culpabilizar os genes por todos os resultados negativos relacionados à esfera da saúde humana, tanto física quanto emocional.

 

“Quando você acredita que os genes controlam sua vida, você tem uma desculpa para se considerar uma vítima. Existem doenças que, de fato, são causadas por um gene, mas essas doenças equivalem a menos de 2% do desconforto sofrido pela população mundial”, disse.

 

O autor compreende ainda que a maioria das pessoas carrega genes positivos para aproveitar uma vida feliz e saudável. Entretanto, ele esclarece que as doenças mais comuns, como diabetes, problemas cardíacos e o câncer, resultam “da interação entre múltiplos genes e especialmente fatores ambientais e não são o resultado de um único gene como foi mantido”.

 

“É por isso que se acredita que a maioria das doenças tem uma causa genética ou hereditária e que, portanto, não podemos fazer nada para nos defender delas ou para curá-las”, diz. E completa, Lipton: “As pessoas vivem com medo constante, aguardando o dia em que seus genes vão agir contra elas e adoecem mortalmente. Câncer é um bom exemplo disso”.

 

PENSAMENTO ENERGÉTICO

 

Na contramão de toda essa ideia absolutista da ciência e do pensamento unilateral da medicina convencional, Bruce Lipton considera um novo tipo de medicamento para a cura de qualquer doença ancorado, exclusivamente, no poder da energia do próprio ser humano. Assim, ele contrapõe a visão da medicina amparada apenas na farmacologia e no uso irrestrito de medicamentos.  “Eles nos dão remédios para a doença, mas na maioria das vezes causam mais problemas do que benefícios, pois a medicina baseada na farmacologia não compreende como toda a bioquímica do organismo está interrelacionada. Quando tomo uma pílula química e a insiro em meu corpo, ela não afeta apenas o lugar onde tenho o problema, mas afeta muitas outras coisas ao mesmo tempo. Estes são os chamados “efeitos colaterais”. Mas, na realidade, esses efeitos não são secundários, mas diretos”, explicou.

 

Gente, em síntese, Lipton defende o poder da energia e dos pensamentos na cura de qualquer mal, seja do corpo, da mente ou do espírito. E essa concepção tem fundamento na física quântica e um olhar muito atrelado à espiritualidade. “Se você olhar dentro do átomo, existem elétrons, prótons, nêutrons”. E o que tem dentro? Energia. A ciência mais recente indica que o corpo responde à física quântica, não à newtoniana. A mente é energia. Quando você pensa, você transmite energia; e os pensamentos são mais poderosos que a química. Isso, é claro, é muito inconveniente para as empresas farmacêuticas globais, porque, se esse postulado fosse aceito, não poderiam vender seus produtos”, esclarece o revolucionário Lipton.

 

OLHAR INTERIOR 

 

Amadosss, meu coração se enche de emoção ao transmitir essa ideia de Bruce Lipton. Isso porque, eu também compactuo 100% desse pensamento. Na verdade, todos meus ensinamentos passados para vocês se sustentam nessa concepção de mundo. Nós somos a nossa verdadeira cura e temos a habilidade natural, determinada pelo TODO, por Deus, para alterarmos qualquer realidade, seja ela interior ou mesmo no ambiente externo. Nosso olhar subjetivo e interior, nossa energia emitida ao núcleo das células e ao interior do nosso DNA, condicionará, certamente, todos os fatores externos de nossa vida.

 

CRENÇAS SÃO BARREIRAS OU A CURA?

 

Além disso, como também explica o grande pesquisador Bruce Lipton, “as próprias crenças se tornam um campo de energia, uma transmissão, e isso é transformado em um sinal que é capaz de mudar o organismo. Afinal, era assim que a cura funcionava antes do desenvolvimento da medicina”.

 

Então, aqui, encontramos o fantástico elo entre a ciência moderna, a física quântica e a espiritualidade sagrada, repassada de geração a geração, pelos nossos ancestrais até os dias modernas.

 

E assim pensa, de modo revolucionário, Lipton sobre a dissociação do conhecimento antigo com os atuais interesses corporativos da indústria farmacêutica em nosso “mundo moderno”.

 

“Pessoas curadas com xamãs, com as mãos … mas isso não pode vender e é por isso que as empresas farmacêuticas não querem ir por esse caminho. Eles sabem que o pensamento positivo, o placebo, pode curar e também que o pensamento negativo pode matar. Se o médico lhe disser que você tem câncer, mesmo se você não tenha, se você acredita, você irá criar a química que causará o câncer”.

 

ORGANISMO CONSCIENTE

 

Genteee, prestem atenção nisso, nessas palavras de Lipton. Como eu sempre ensino, não importa o mundo exterior, pois ele é apenas o reflexo da nossa natureza íntima. Por isso, olhem para si, para o poder inato da Holococriação da realidade incutido em suas células, moléculas e em seu DNA. A cura de tudo está dentro de vocês mesmos e à plena realização em todas as áreas da vida depende do uso adequado desse poder através dos pensamentos, sentimentos e da energia emanada por vocês ao próprio organismo e ao universo. Vocês são cocriadores da realidade e expressões vivas de Deus. Tudo está ao alcance de todos, lembrem-se disso!!!

 

Esse ensinamento é passado no Método que utilizamos no Treinamento Holo Cocriação de Objetivos, Sonhos e Metas. Clique na imagem abaixo e confira do que se trata.

 

 

Um beijo de luz!!!

 

Elainne Ourives

Ativista Quântica. Treinadora Mental e Reprogramadora Vibracional

Criadora da Técnica Hertz -Reprogramação da Frequência Vibracional®

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS©

www.holococriacao.com.br

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

VOCÊ SABE DETECTAR QUAIS OS SINTOMAS DAS SUAS EMOÇÕES?

1/10
Please reload

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle